A taxa de inflação em Macau fixou-se nos 3,9 por cento no período de 12 meses terminado em maio, comparativamente com os 12 meses anteriores, segundo dados oficiais conhecidos esta terça-feira.

Os maiores crescimentos foram registados nos preços das bebidas alcoólicas e tabaco (mais 33,84%) e na educação (mais 7,46%).

Ainda de acordo com os Serviços de Estatística e Censos de Macau, só em maio, o Índice de Preços no Consumidor (IPC) geral cresceu 2,64% em relação ao mesmo de mês de 2015, sendo “o crescimento anual mais baixo desde agosto de 2010”.

O IPC geral permite conhecer a influência da variação de preços na generalidade das famílias de Macau, segundo os serviços de estatística.