Foi um empate (mais um), mas com sabor a vitória: Portugal empatou com a Hungria a três golos e qualificou-se para os oitavos de final. O marcador não parou de mexer: eram eles, éramos nós, primeiro Nani e depois Cristiano Ronaldo (de uma vez por todas). O terceiro lugar, que ocupamos porque a Islândia marcou ao último minuto frente à Áustria, leva-nos a jogar no sábado às 20 horas frente à Croácia.

Um jogo de recordes: Ronaldo tornou-se no único jogador da História do futebol a marcar em quatro Europeus. É o segundo melhor marcador de sempre no Europeu e é o maior goleador do futebol português. Mais: este já é mesmo o jogo que mais golos leva para registo desde o início do Euro 2016. Os críticos já dizem que acabámos de assistir à melhor partida do campeonato da UEFA até agora. Por isso, vale a pena recordá-lo. Veja as imagens, em atualização, na fotogaleria.