Portugal foi o terceiro maior produtor de tomate na União Europeia (8,0%) em 2015, depois de Itália (36,3%) e Espanha (27,4%), sendo que os três países fornecem quase três quartos do legume, divulgou, esta quarta-feira, o Eurostat.

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (UE), Portugal cultiva 2,5% dos legumes e 3,6% das frutas produzidas na UE, que divulga dados do ano passado, sendo o terceiro maior produtor de tomate (8% do total da UE).

No que respeita aos legumes, o tomate é a principal produção na média da UE (35 quilos por habitante), enquanto a maçã (25 quilos por habitante) é o fruto com maior produção.

A Polónia é o principal produtor de maçãs (25% do total), seguindo-se Itália (19,2%) a França (15,5%).

A produção de maçãs em Portugal representa 2,6% do total da UE.