Desportivo por excelência entre os americanos, o Dodge Viper está prestes a deixar a deixar as luzes da ribalta, numa altura em que comemora um quarto de século sobre o lançamento da sua primeira geração.

Com cerca de 30 mil unidades produzidas, sempre em Detroit, o automóvel que a Dodge conseguiu elevar ao estatuto de uma quase submarca despede-se agora de forma sonante e em grande estilo. Cinco edições limitadas assinalam aquele que é o último ano de produção do modelo, que ficou também conhecido como “Cobra”.

4 fotos

A partir do próximo dia 24 de Junho, os clientes vão poder encomendar uma de cinco derivações do desportivo, já como modelo 2017. Uma das opções é o Viper 1:28 Edition ACR (edição limitada a 28 unidades), tributo ao modelo actualmente em comercialização e que estabeleceu um novo recorde da volta mais rápida ao circuito de Laguna Seca em Monterey, na Califórnia, em Outubro de 2015, pela mão do piloto Randy Pobst.

[jwplatform CdOsyEYu]

O segundo modelo exclusivo, com 100 unidades para venda, é o Viper GTS-R Commemorative Edition ACR, que rende homenagem a uma das pinturas mais conhecidas do Viper: a azul e branca, presente no GTS-R GT2 Championship Edition de 1998. O exterior é branco com linhas azuis, além de oferecer um “kit” aerodinâmico e peças em fibra de carbono. Por dentro, destaque para os cintos de segurança vermelhos.

2 fotos

Outra das alternativas passa pelo Viper Voodoo II Edition ACR, reedição do “Cobra” com o mesmo nome, de 2010. Desta versão, com pintura preta e linhas em cinza grafite, far-se-ão apenas 31 exemplares.

2 fotos

Haverá ainda uma edição de 25 unidades em homenagem ao Viper Snakeskin Edition GTC, cuja cor verde é inspirada no Snakeskin ACR de 2010, e uma versão que a marca assegura que estará disponível apenas nos concessionários com maior volume de vendas do modelo, localizados em pontos específicos dos Estados Unidos da América. Por esse motivo, o fabricante deu-lhe o nome de Dodge Dealer Edition ACR e anunciou 33 unidades.

13 fotos

Qualquer uma destas séries limitadas, às quais não falta sequer uma etiqueta no tablier com o nome e número da unidade, podem ainda ser customizadas de acordo com os gostos de cada cliente. Existem, para tal, 16 mil opções de cor, 24 mil hipóteses de listas para o exterior, 11 tipos de jantes, 16 possibilidades de interiores-padrão, além de sete “packs” aerodinâmicos, três “packs” de travões e quatro opções de suspensão. Ao todo e a confiar nas contas feitas pela Dodge, mais de 50 milhões de possibilidades de personalização. Nota a reter: não é permitido que dois clientes encomendem a mesma configuração, incluindo cor, para o mesmo ano/modelo.

Todos os Dodge Vipers 2017 são impulsionados por um bloco de 8,4 litros V10 – originalmente um motor de camião da Dodge, transformado pela Lamborghini – que debita 645 cv e 813 Nm de binário (o motor atmosférico com mais torque no mundo).