Cátia Azevedo garantiu esta quinta-feira o mínimo nos 400 metros para os Jogos Olímpicos Rio2016, ao correr a distância em 51,63 segundos no ‘meeting’ de Madrid, marca que é igualmente recorde nacional.

A atleta do Sporting foi segunda em Madrid, progredindo de 52,61 segundos, marca conseguida em 2014 e era já recorde nacional de sub-23, para 51,63. O anterior recorde pertencia a Maria do Carmo Tavares (Benfica), com 51,92 desde 1999.

A prova foi ganha por Carline Muir, do Canadá, com 51,05.

Em destaque no Meeting de Madrid esteve também Susana Costa, segunda no triplo, com 14,32 metros, a um só centímetro do seu recorde pessoal e marca que confirma o mínimo olímpico que a atleta do Benfica já possuía. Patrícia Mamona foi quarta, com 14,17, em prova ganha pela venezuelana Yulimar Rojas, com 15,02.

Diogo Ferreira foi segundo no salto com vara, com 5,50 metros, falhando a seguir 5,70, que seria recorde nacional e mínimo olímpico, enquanto Lorene Bazolo foi terceira na final de 100 metros, com 11,28 (v:+1,0), depois de ser segunda na eliminatória, com 11,33.

Nas restantes provas, Carlos Nascimento (10,56 segundos) e Arnaldo Abrantes (10,59) ficaram aquém da final de 100 metros, tal como Rasul Dabo (14,31) na de 110 metros barreiras. Eduardo Mbengani foi sétimo nos 3000 metros, com 8.01,96.