Pelo menos 23 pessoas morreram no estado norte-americano da Virgínia Ocidental devido a inundações provocadas por tempestades e chuvas torrenciais, anunciaram as autoridades locais na sexta-feira. Entre as vítimas estão duas crianças que foram arrastadas pelas águas.

“A quantidade de água que caiu em partes da Virgínia Ocidental e sul da Virgínia excede um evento de ‘um vez em cada cem anos’ para uma área específica e resultou em cheias catastróficas em algumas comunidades”, referiu o meteorologista sénior da AccuWeather Alex Sosnowski.

Há ainda pessoas desaparecidas que podem estar sob as águas, segundo disse à cadeia de televisão CNN a senadora estadual Shelley Moore Capito. Segundo a NBC News, centenas de pessoas estarão ainda encurraladas depois das chuvas intensas que duraram mais de seis horas.

“Infelizmente, esperamos que este balanço [de vítimas] aumente”, disse também Jimmy Gianato, responsável pelos serviços de na Ocidental.

Por outro lado, o governador do Estado, Earl Ray Tomblin, disse que pelo menos cem casas foram já “fortemente afetadas” pelas inundações e que as águas continuam a subir.

https://twitter.com/RavenHUWolf/status/746473540891840520

Cerca de 66 mil habitações estão sem eletricidade ou gás e 60 estradas estão cortadas devido a árvores caídas.

O governador pediu um reforço de 500 militares nacionais para ajudar nas operações de socorro e 17 centros de acolhimento foram abertos para a população poder refugiar-se.