Carros de sonho, um hotel de sonho, num lugar de sonho. Demasiado bom para ser verdade? Não. Aproveitando o facto de estar a ser alvo de renovação, o Hôtel de Paris Monte-Carlo, no Mónaco, desafiou dois designers a assumirem o controlo da Suite 321-322. Objectivo: criar um espaço onde a unidade hoteleira e a Maserati “colaborassem para alcançar novos patamares de excelência”.

Quando esta envolve um dos mais prestigiados construtores automóveis e o mais luxuoso hotel monegasco, a excelência traduz-se num quarto que reflecte o estilo da marca de Modena. À cabeceira da cama, um tecido Ermenegildo Zegna embeleza a parede, enquanto que os cadeirões revestidos a pele de fino grão evocam o interior das berlinas da Maserati. Mas há mais. No salão, os designers criaram um pilar central – a partir do qual se ramificam os espaços circundantes -, acentuando um estilo moderno e demarcadamente minimalista. Aliás, como refere a marca do Tridente em nota de imprensa, “minimalismo absoluto” foi a palavra de ordem para a concepção desta Pop-Up Suite, com a marca italiana a querer associar as sofisticadas linhas e a intemporal elegância dos seus modelos aos requintados serviços do Hôtel de Paris.

Desenhada por duas estrelas em ascensão no mundo do design de interiores italiano, Ludovica e Roberto Palomba, a suite situa-se no terceiro andar da unidade, oferecendo vista para o mar e para o emblemático Casino de Monte-Carlo. Isso, lá fora. Por dentro, “não se olhou a despesas nem se poupou qualquer esforço para criar um décor de sonho”.

Para garantir que a estadia, entre 1 de Julho e 30 de Setembro, é mesmo de sonho, o Hôtel de Paris criou um pacote de três noites, que inclui “transfers” da Maserati de e para o aeroporto de Nice, e um Maserati GranCabrio (o descapotável de quatro lugares da marca do Tridente) à disposição dos hóspedes (50 km em redor de Monte-Carlo). Este “pack”, cujas tarifas se iniciam nos 3.500€ para dois adultos, inclui pequeno-almoço e um “cocktail” – apropriadamente volante – de pratos ao melhor estilo de Modena, acompanhado de champanhe Laurent Perrier Cuvée Rosé. Com tanto “miminho”, os bons sonhos têm-se mesmo sem comprimidos para dormir.