Caldeirada, papas de aveia, ovos, guisado de legumes, massa. Este é o menu do fotógrafo dinamarquês Mikkel Jul Hvilshøj, preparado para servir a campanha publicitária de uma marca de design de utensílios de cozinha.

As receitas de Mikkel Hvilshoj distinguem-se por irem diretas ao assunto, ou melhor, diretas para a panela, sem precisarem de palavras ou longas descrições. Contam-se apenas em imagens, e conseguem ainda assim ser minimalistas e ensinar que ingredientes devem entrar para a panela ou a frigideria organizando os ingredientes com as cores em sintonia e em quantidades equilibradas.

“Gosto de linhas retas e de coisas em ordem. Sou muito perfeccionista, em todos os aspetos. Espero que quem veja as minhas imagens perceba isso mesmo”, explica o autor ao Observador.

Da perfeição das fotografias à perfeição das receitas, há uma distância, confessa Mikkel. Encontrar receitas e descrevê-las em imagens levou muito tempo de pesquisa mas, ainda assim, os cozinheiros mais atentos deram uma pitada de conselhos para que tudo corresse bem no momento de levar ao lume.

“Recebi imensas mensagens de franceses que notaram que o peixe utilizado na caldeirada não era o mais correto, e houve quem comentasse que o sal do ovo é muito para um ovo estrelado bem feito”, conta o fotógrafo.

Quantidades à parte, esta é, sem dúvida, uma forma original e fácil de ler receitas que pode facilitar a vida de quem se aventura na cozinha e gosta, claro está, de coisas simples mas com gosto.