O maior telescópio de Portugal vai voltar à atividade no sábado dia 2 de julho após décadas sem ser utilizado. O Grande Telescópio foi restaurado e fica na Universidade do Porto, no Observatório Astronómico Prof. Manuel de Barros.

O telescópio foi comprado nos anos 70 mas acabou por entrar em desuso face às novas tecnologias de observação astronómica. A Faculdade de Ciências da Universidade do Porto tratou da reabilitação do equipamento e está em condições de ser usado em futuros projetos de investigação científica.

Este não é o primeiro equipamento a ser restaurado no Observatório Astronómico Prof. Manuel de Barros. Em 2013 foi inaugurado o Círculo Meridiano de Espelhos, um instrumento que remota a 1957 e que é utilizado para determinar a hora por técnicas astronómicas.