Já à venda nos concessionários Citroën em Portugal, o crossover C4 Cactus Rip Curl posiciona-se como “uma proposta 100% ‘cool’ e única, que assenta num nível de equipamento enriquecido com elementos de estilo dedicados e avançadas tecnologias, a partir da versão de topo – SHINE – que lhe serve de base”. Por outras palavras, o irreverente modelo francês surge com novos atributos que lhe reforçam a vocação “outdoor”. Em destaque está a estreia da função Grip Control, tecnologia que lhe confere maior poder de tracção, bem como um conjunto de apontamentos estilísticos que sublinham a inclinação do crossover para um público mais jovem. A não ser que a avozinha seja uma radical e queira ir à missa num veículo cuja motricidade foi reforçada.

Publicidade filmada em Portugal

Mostrar Esconder

Para promover esta série especial, a Citroën associou-se à agência Les Gaulois, que criou um novo filme publicitário filmado em Portugal. Pode vê-lo aqui.

Com o título “A estrada é o seu novo spot”, o vídeo tem como protagonista o surfista profissional francês Vincent Duvignac, que é patrocinado pela Rip Curl.

Juntamente com pneus específicos Mud & Snow, a tecnologia Grip Control permite que este C4 Cactus seja uma espécie de “enfant terrible”. Costuma-se dizer que “os meninos bons vão para o céu, os outros vão para onde quiserem”. É o caso da série especial Rip Curl, que está preparada para ir para qualquer lado, graças a um evoluído controlo de tracção, incorporado no calculador do sistema ESP, que gere o escorregamento das rodas dianteiras. Há cinco modos para adaptar a locomoção ao piso em causa, sendo muito fácil seleccionar, através do comando rotativo, que se encontra ao centro do painel de bordo, a que melhor se enquadra nas circunstâncias de utilização.

[jwplatform mciFBRUh]

Quando o percurso é efectuado, maioritariamente, em estradas normais, ou seja, com baixas taxas de derrapagem, o Cactus surfista pode desfilar nas ruas da moda ou ir-se bronzeando pelas estradas ensolaradas da costa em modo “standard”. Mas se quiser pôr os rodados na areia, para chegar mais perto dos mais belos “spots” de surf, só tem de levar a toalha para se estender. Accionando a opção “areia”, que funciona até aos 120 km/h, o modelo passa a usufruir da derrapagem simultânea das duas rodas motrizes da frente, o que lhe permite progredir em pisos soltos sem levantar grandes ondas. Com uma vantagem: a possibilidade de mergulhar no areal e ficar lá atascado é grandemente reduzida.

Mas se em vez de actividades balneares lhe interessam mais os desportos de inverno ou os desafios do todo-o-terreno, saiba que o C4 Cactus Rip Curl, apesar de inequivocamente associado a uma referência mundial no mundo do surf, também não se faz de rogado. Desde que a coisa meta água. Se tiver pela frente pisos escorregadios, o condutor só tem de olhar à sua volta e decidir-se: isto resvala mais para a neve ou para o todo-o-terreno? Num e noutro caso, o grip control está à altura do momento. No último caso, o sistema actua como um diferencial de deslizamento limitado, assegurando o arranque do veículo em condições especiais, transferindo para a roda de maior aderência o máximo binário possível. Até 80 km/h tudo tranquilo, a partir dessa velocidade o sistema transita automaticamente para o modo “standard”. Já quando tem de superar difíceis condições de aderência, como gelo, accionando o modo “neve”, a derrapagem de cada uma das rodas motrizes adapta-se às circunstâncias, desde que a circular a uma velocidade de até 50 km/h.

O crossover francês também não se esqueceu de que há, pura e simplesmente, quem encare a estrada como um desafio que deve ser superado sem qualquer tipo de interferência. Ao seleccionar “ESP Off”, o condutor desliga o controlo electrónico de estabilidade (activo até aos 50 km/h) e fica por sua conta e risco. Convém medi-lo bem, até porque esta série especial do Cactus está associada aos motores de maior performance da gama, acoplados a uma caixa de velocidades manual – o 1.2 PureTech 110 S&S CVM a gasolina e o diesel 1.6 BlueHDi 100 S&S CVM, que custam 22.007€ e 24.607€, respectivamente.

12 fotos

Look cool

Não foi apenas a motricidade que foi reforçada nesta série especial. Também a estética levou uma lufada de ar fresco, parecendo mais “trendy” do que nunca. Em termos de cores, há para já cinco tons de carroçaria (Verde Olive Brown, Preto Obsidian, Vermelho Aden, Cinzento Alumínio e Branco Perle Nacre), prevendo-se a introdução de uma nova cor (Azul Baltic) no catálogo, lá mais para o final do ano.

Quanto às “almofadinhas” que protegem a carroçaria de encostos indesejados, chamadas Airbump, são pretas de série, mas quem quiser pode optar por outras cores (Dune, Chocolate e Grey).

[jwplatform NkGZlbGJ]

Mas o que distingue esta série dos seus manos não é tanto a paleta de tons, mas sim duas palavrinhas – Rip Curl – que se encontram um pouco por todo o lado: nos pilares traseiros e no guarda-lamas dianteiro e até nos tapetes.

Se por fora, este C4 Cactus calça uns GoodYear Mud & Snow especiais (205/50 R17 89V – Vector 4Seasons) e exibe elementos de protecção da carroçaria em cinzento alumínio, para além de barras de tejadilho e conchas dos retrovisores em branco, por dentro continua cheio de estilo. O laranja domina os apontamentos do habitáculo, contrastando com os bancos em tecido Mica Grey, de série, que podem ser substituídos, opcionalmente, por uma solução mista de tecido e cabedal em preto.

[jwplatform 5DPcTQLG]