Usain Bolt saberá na quinta-feira se poderá defender os títulos olímpicos nos 100, 200 e 4 x 100 metros no Rio2016, depois de ter falhado, por lesão, a final do hectómetro nas qualificações jamaicanas.

O comité de seleção da Associação Jamaicana de Atletismo (JAAA) vai reunir-se na quinta-feira para analisar o atestado médico que Bolt apresentou para não participar na sexta-feira na final dos 100 metros e para poder ser selecionado para os Jogos de 2016.

Bolt disse ter sofrido uma ligeira lesão muscular na coxa esquerda e foi avaliado pelo médico dos campeonatos jamaicanos, que lhe diagnosticou uma lesão de grau 1, a mais leve.

O presidente da JAAA, Warren Blake, confirmou que Bolt pediu isenção das provas qualificativas dos 100 e 200 metros, sendo que os regulamentos internos preveem que um atleta que esteja entre os três melhores do mundo possam ser convocados sem competir, desde que demonstrem estar em forma a tempo dos Jogos Olímpicos.

Tanto Blake como Ludlow Wats, diretor da equipa jamaicana, esperam que Bolt possa competir em Londres, a 22 de julho, e demonstre estar em forma.