Portugal venceu a Polónia no mata-mata dos penáltis e isso, já se sabe, não é um momento propriamente calmo ou agradável para os jogadores, pressionados a não falhar. José Fonte, o central português que não chegou a precisar de bater nenhuma grande penalidade, disse mesmo ao Observador que, se para os portugueses que estão a ver “já é difícil”, então para eles, que estão no epicentro, “as pernas tremem”. Que o diga o capitão, Cristiano Ronaldo, que foi captado pela televisão espanhola Cuatro a viver momentos de grande ansiedade e euforia durante os cinco penáltis marcados e a defesa de Rui Patrício.

Num dos momentos do vídeo, agora divulgado pela estação televisiva espanhola Cuatro, Ronaldo aparece a trocar palavras com João Moutinho. Não é possível, nas imagens, ouvir o que diz o capitão ao médio do Mónaco, mas o jornalista espanhol descreve como sendo Ronaldo a ordenar a Moutinho, que tem sido alvo de críticas pela sua prestação na competição, a marcar uma das grandes penalidades.

https://www.youtube.com/watch?v=EhNwMkOrutg

“Tu vais marcar um”, ouve-se no relato espanhol. Certo é que João Moutinho foi o terceiro a marcar, a seguir a Ronaldo e Renato Sanches, e cumpriu. No último europeu de futebol, em 2012, João Moutinho chegou a falhar uma grande penalidade no desempate com Espanha o que, aliado a outro insucesso de Bruno Alves, tirou Portugal da competição.

Depois de o vídeo ter começado a circular pelos órgãos de informação e redes sociais portuguesas, o selecionador Fernando Santos foi questionado, numa conferência de imprensa dada esta tarde em Marcoussis, sobre o que se passou afinal. E o selecionador confirmou a teoria. “O João [Moutinho] é um dos elementos que normalmente está destinado a marcar, mas sentia um pequeno desconforto e dizia que não tinha a segurança máxima de que estava nas condições ótimas para marcar”, começou por dizer, sublinhando que o “desconforto” referido era ao nível da perna.

Foi aí que entrou o capitão Cristiano Ronaldo, que Fernando Santos descreve como “exemplo daquilo que é o espírito, determinação e o querer ganhar da equipa”. Ronaldo chegou-se perto de João Moutinho e disse-lhe “vem, temos confiança em ti, marcas bem e vais marcar”. E assim foi.

No resto do vídeo, Cristiano Ronaldo aparece nervoso, atrás de todos os colegas de equipa que permanecem abraçados a torcer para que nenhum dos seus falhe as redes da baliza polaca. Certo é que desta vez, ao contrário do que aconteceu ao próprio Ronaldo no jogo da fase de grupos frente à Áustria, nenhum falhou e Portugal derrotou a Polónia, passando às meias-finais da competição.

*artigo atualizado com declarações de Fernando Santos em conferência de imprensa