E ao quarto dia, reconciliaram-se. A paz entre o antigo selecionador espanhol Vincente Del Bosque e o guarda-redes da seleção espanhola Iker Casillas foi restabelecida esta segunda-feira de manhã.

Depois de uns dias mais complicados, parece que os dois históricos da seleção da la Roja retomaram a sua relação.

No dia em que se despediu da seleção espanhola, depois de oito anos como treinador, Del Bosque afirmou que tinha enviado uma mensagem a todos os jogadores menos ao atual guarda-redes do FC Porto.

“O Iker esteve bem com os colegas de equipa mas não comigo e com a equipa técnica”, afirmou Del Bosque, justificando a opção de não ter incluído o jogador entre os destinatários.

Quatro dias depois destas afirmações, Casillas e Del Bosque encontraram-se na Cidade de Futebol das Rosas – sede da Federação Espanhola de Futebol – e terão resolvido a polémica, como afirma o El Mundo.

O guarda-redes espanhol publicou um tweet onde se podia ler: “Esta manhã, na Cidade do Futebol. 25 anos juntos e todos os que restam! Um abraço mister! Boa Sorte!”