A Parqly, fundada por Natasa Kupusovic, Bruno Nascimento e Kaya Reichert, foi a vencedora da quarta edição do Big Smart Cities, um concurso de empreendedorismo e inovação promovida pela Vodafone e pela Ericsson. A startup portuguesa quer resolver problemas de estacionamento das cidades recebeu 10.000 euros e vai ficar incubada no Vodafone Power Lab. Além disso, os fundadores vão poder viajar até Estocolmo e conhecer a sede da Ericsson.

A app foi pensada para resolver os problemas de estacionamento dos grandes centros urbanos, fornecendo informação sobre o parque de estacionamento mais adequado para os condutores em termos de proximidade, ocupação ou preço. Os utilizadores vão poder efetuar o pagamento pelo smartphone. E os fundadores afirmam que vão “ajudar a tornar as cidades mais amigáveis para as pessoas, com um carro de cada vez”.

Além da Parqly, foram distinguidas outros três projetos com menções honrosas: a Take my Dronie, que junta as selfies à tecnologia aplicada aos drones; a Movtz, que transforma qualquer ficha elétrica em ponto de recarga de veículos elétricos; e a Ledviser, dispositivo wearable que permite aos ciclistas indicar com antecedência a sua intenção de virar e travar.

A quarta edição do Big Smart Cities registou o maior número de candidaturas de sempre, afirmou a organização em comunicado. E participaram mais de 230 equipas, que apresentaram ideias tecnológicas para tornar as cidades do futuro mais inteligentes, mais sustentáveis, mais promotoras de qualidade de vida para os habitantes, trabalhadores e visitantes.