Confirmando a validade da teoria de que “há gostos para tudo”, Rainer Zietlow como que se especializou em percorrer, ao volante, grandes distâncias no mais curto espaço de tempo. Aliás, são já vários os recordes detidos pelo alemão neste domínio. Em 2016, Zeitlow e a sua equipa Challenge4 propuseram-se enfrentar um novo desafio: ligar as duas mais extremas cidades da Europa ao volante de um Volkswagen Touareg.

O papa-léguas

Mostrar Esconder

Em 2011, Rainer Zietlow ligou a Argentina ao Alasca em 11 dias e 17 horas, percorrendo 23 mil km. No ano seguinte, percorreu a mesma distância, ligando Melbourne a São Petersburgo, em 17 dias e 18 horas. Em 2014, foi a vez de unir o Cabo Norte ao Cabo Agulhas em 21 dias e 16 horas, tendo para isso percorrido 17 mil km. E o ano passado fez o percurso inverso, mas gastando apenas 9 dias e 4 horas.

A aventura começou a 1 de Julho em Magadan, na Rússia, e está prestes a terminar, em Portugal, já amanhã, com a chegada a Lisboa e um novo recorde. No total, serão percorridos cerca de 16 mil km em aproximadamente oito dias, com passagem por que sete países: Rússia, Bielorússia, Polónia, Alemanha, França, Espanha e Portugal.

Para cumprir aquilo a que chamou “Touareg Eurasia”, Zietlow utiliza um Touareg com motor 3.0-V6 TDI de 225 cv, sujeito apenas a ligeiras modificações, nomeadamente a introdução de um “roll bar”, para incremento da segurança, e de um depósito de combustível de maior capacidade, para aumentar a autonomia, elemento essencial para poder transpor zonas mais inóspitas.

Como símbolo da aproximação entre as duas cidades, a equipa de Rainer Zietlow traz consigo uma carta do presidente da câmara de Magadan dirigida ao seu homólogo lisboeta. E faz ainda questão de apoiar a associação Aldeias de Crianças SOS, através da doação de 10 cêntimos por cada quilómetro percorrido ao longo de mais esta quimérica viagem.