Dark Mode 165kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Donald Trump critica Saddam Hussein. Mas também lhe faz um elogio

No mesmo comício, Donald Trump afirmou que o Iraque se tornou uma "Harvard para o terrorismo". O milionário será provavelmente nomeado como candidato do Partido Republicano às eleições dos EUA.

i

Trump afirmou que o território iraquiano se tornou uma forte base para terroristas, depois da guerra do Iraque, em 2003

NIGEL RODDIS/EPA

Trump afirmou que o território iraquiano se tornou uma forte base para terroristas, depois da guerra do Iraque, em 2003

NIGEL RODDIS/EPA

Donald Trump elogiou a competência de Saddam Hussein a matar terroristas. Os elogios ao ditador iraquiano foram feitasterça-feira, durante um comício na Carolina do Norte. Esta quarta-feira, Trump reafirmou a sua opinião.

Trump, o provável candidato do Partido Republicano às eleições de 2016, falava a um auditório repleto e começou por afirmar que Saddam era “um tipo mesmo mau”, mas momentos depois teceu um elogio ao ex-ditador iraquiano. Segundo o The New York Times, Donald Trump afirmou “sabem o que é que ele fazia bem? Ele matava terroristas. Ele fazia-o mesmo bem. Eles não lhes liam os direitos. Eles não falavam. Eles eram terroristas. Acabava”.

O candidato à nomeação do Partido Republicano comparou o Iraque à “Harvard para o terrorismo”, afirmando que o território iraquiano se tornou uma forte base para terroristas, depois da guerra do Iraque, em 2003.

Esta quarta-feira, num segundo comício, o quase-candidato afirmou que não se arrepende do que disse.

Confira o discurso de quarta-feira abaixo.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.