O ciclista britânico Chris Froome (Sky) deu este sábado um passo importante para a revalidação do título na Volta a França, ao vestir a amarela depois de vencer isolado a oitava etapa da 103.ª edição.

Vencedor do Tour em 2013 e 2015, Froome isolou-se na descida que sucedeu ao Peyresourde, a última das contagens de montanha dos 184 quilómetros entre Pau e Bagnères-de-Louchon, e cruzou a meta com o tempo de 04:57.33 horas, deixando o irlandês Daniel Martin (Etixx-QuickStep) e o espanhol Joaquim Rodríguez (Katusha), respetivamente segundo e terceiro, a 13 segundos.

O ciclista da Sky subiu à liderança da geral e tem 16 segundos de vantagem sobre o compatriota Adam Yates (Orica-BikeExchange), segundo, e o espanhol Joaquim Rodríguez, terceiro.

No domingo, véspera do primeiro dia de descanso, os candidatos à vitória na 103.ª edição têm um novo teste, na nona etapa, que vai ligar Vielha val d’Aran (Espanha) a Andorra Arcalis, ao longo de 184,5 quilómetros.