Euro 2016

Fernando Santos. A carta (na íntegra) que agradece a Deus e antecipa a vitória

38.309

A 18 de junho, Fernando Santos escreveu a carta em que antecipava a vitória. Portugal só tinha jogado (e empatado) dois jogos. Agradece a Deus, aos jogadores, aos dirigentes, aos amigos e à família.

Getty Images

Esta é, na íntegra, a carta que Fernando Santos escreveu na solidão do seu quarto, agradecendo a Deus. Não foi depois do jogo com a França. Foi em Marcoussis a 18 de junho, depois do segundo empate no segundo jogo (frente à Áustria) do Europeu. Nessa altura, o discurso da vitória ficava escrito. No fim do jogo contra França, o selecionador pediu uns minutos e antes das perguntas dos jornalistas na conferência de imprensa leu-a em voz alta muito emocionado, sob o som de aplausos:

Em primeiro lugar e acima de tudo, quero agradecer a Deus Pai por este momento e tudo aquilo da minha vida. Deixar uma palavra especial ao presidente, dr. Fernando Gomes, pela confiança que sempre depositou em mim. Não esqueço que comecei com um castigo de oito jogos pendentes.

A toda a direção e a todos os que viveram comigo estes meses. Aos jogadores, dizer mais uma vez que tenho um enorme orgulho em ter sido o seu treinador. A estes e aqueles que aqui não puderam estar presentes. Também é deles esta vitória. O meu desejo pessoal é ir para casa. Poder dar um beijo do tamanho do mundo à minha mãe, à minha mulher, aos meus filhos, ao meu neto, ao meu genro e à minha nora e ao meu pai, que junto de Deus está certamente a celebrar.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mundial 2018

O dia em que o Panamá marcou um golo /premium

Bruno Vieira Amaral

É incrível como um jogo sem história – tal a diferença entre as duas equipas – acaba por ser histórico. Essa é uma das magias do Mundial, a dos pequenos prazeres estatísticos que proporciona.

Mundial 2018

O dia em que o Panamá marcou um golo /premium

Bruno Vieira Amaral

É incrível como um jogo sem história – tal a diferença entre as duas equipas – acaba por ser histórico. Essa é uma das magias do Mundial, a dos pequenos prazeres estatísticos que proporciona.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)