O vice-ministro da Saúde de Moçambique, Mouzinho Saíde, anunciou esta segunda-feira que o país está livre da pólio, em consequência dos resultados alcançados através de campanhas de vacinação.

“Há dez anos, o país iniciou um processo de vigilância da pólio, com cobertura de cerca de 90%, temos estado, além de atividades de vacinação regular, a realizar a vacinação suplementar”, afirmou Saíde, falando em conferência de imprensa em que anunciou que o país foi declarado livre da pólio no dia 01 de julho.

Mouzinho Saíde acrescentou que as autoridades sanitárias vão continuar atentas à eclosão de novos casos, como forma de manter o país livre da doença.

“O país vai continuar a realizar campanhas para evitar novos casos e deveremos incrementar os índices de vacinação para garantir que a doença não entre no nosso seio”, acrescentou o vice-ministro da Saúde.

Nessa perspetiva, Moçambique vai apostar na manutenção da vigilância epidemiológica e ambiental, acrescentou o vice-ministro da Saúde.