A abertura do processo que levará a Comissão Europeia a apresentar uma proposta de sanções a Portugal e Espanha por não tomarem as medidas necessárias para reduzirem os seus défices excessivos deverá mesmo ser aprovada esta terça-feira, disse o ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, à entrada da reunião do Eurogrupo, lembrando que a prática acordada entre os ministros é seguir as recomendações da Comissão.

O mantra é o de sempre “as regras são para cumprir”. Wolfgang Schäuble não fugiu ao guião habitual e, sem ser questionado sobre o tema, fez um primeiro comentário aos jornalistas que o esperavam à entrada da reunião do Eurogrupo onde pedia o cumprimento das regras.

“Penso que todos concordamos que temos de implementar as regras, que nós criámos e que têm flexibilidade suficiente”, afirmou.

O ministro foi mais longe e indicou que a proposta de recomendação da Comissão deve ser aprovada esta terça-feira, seguindo uma prática acordada entre os ministros quando as regras orçamentais foram alteradas para responder à crise económica e financeira na zona euro.

“A Comissão já fez a sua recomendação. O Conselho vai analisar essa questão amanhã e no âmbito do pacto orçamental comprometemo-nos, no Eurogrupo, a seguir as recomendações da Comissão”, afirmou.