Uma instalação artística concebida pelo fotógrafo norte-americano Spencer Tunick juntou cerca de 3.200 pessoas na cidade de Hull, em Inglaterra. A ideia é consciencializar a população para o problema da subida do nível das águas do mar, devido às alterações climáticas.

O projeto foi um desafio lançado ao fotógrafo, famoso pelos seus trabalhos de grande escala, por um Museu local inserido no âmbito das celebrações de Hull como Cidade da Cultura do Reino Unido para 2017.

Tudo aconteceu na manhã de sábado, quando os milhares de pessoas que se voluntariaram para participar no projeto se despiram e pintaram-se de diferentes tons de azul. As imagens vão estar expostas no Museu de Arte Ferens no próximo ano.

Por enquanto, fique com algumas imagens do projeto que foram partilhadas no Instagram.

https://www.instagram.com/p/BHrXBSRjR4a/

View this post on Instagram

Feeling blue this morning in the UK #seaofhull

A post shared by Spencer Tunick (@spencertunick) on

View this post on Instagram

3,200 volunteers stripped down for American photographer, Spencer Tunick's latest project. Known for his human installations, this work was commissioned by the city's Ferens Art Gallery for Hull's UK City of Culture celebration. Commenting on the increasingly worrisome rising sea levels caused by environmental shifts, Tunick deemed this project one of his best turnouts and most successful events in the UK. In an article by @artnet, they explained that, "Although the project featured 3,200 naked bodies, most people commented on the surprisingly nonsexual atmosphere it produced." @spencertunick || #spencertunick #sea #environment #blue #bodies #nude #volunteers #UK #Hull #art #artdaily #artist #artadvisor #museum #curator #pursuitsinc #gallery #artwatchers #musetech @ferensartgallery

A post shared by Pursuits Inc. (@pursuitsinc) on