Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um assaltante tentou roubar um restaurante de kebab em Christchurch, na Nova Zelândia, mas acabou por desistir, após ter sido ignorado pelo dono do estabelecimento.

O dono do restaurante, Said Ahmed, estava a servir um cliente quando o assaltante entrou, e decidiu terminar o pedido. No fim de entregar a refeição ao cliente, foi-se embora. O assaltante ainda ficou durante algum tempo junto do balcão, antes de sair sem levar nada. O momento foi captado pelas câmaras de vigilância do restaurante.

https://www.youtube.com/watch?v=6L8fIJuQ-ks

Ao The Guardian, Ahmed explicou que decidiu não ficar intimidado. “O homem queria assustar-me e eu decidi que ele não podia fazer isso”, contou o proprietário, acrescentando que deu a comida ao cliente “para ele abandonar a loja e não correr perigos”.

Said Ahmed, egípcio, é licenciado em Engenharia Agrónoma, e vive na Nova Zelândia há 20 anos. Ao jornal britânico, explicou que se virou foi para a cozinha, onde planeava chamar a polícia. “Pensei que, se ele disparasse, pelo menos o meu corpo estaria longe, e o tiro não seria tão grave como se estivesse mais perto”, admitiu Ahmed ao The Guardian. “Estava assustado, mas não lhe iria mostrar isso”, concluiu.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR