A produção no setor da construção na zona euro baixou em maio 0,5%, face ao período homólogo de 2015, e 9,8% na comparação com abril, segundo o Eurostat.

Também no conjunto dos 28 Estados-membros da União Europeia (UE), a produção no setor da construção recuou em maio: 1,1% na comparação homóloga e 0,7% na variação em cadeia (face ao mês anterior).

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, em termos homólogos, as maiores quebras no indicador registaram-se na Hungria (-26,6%), na Eslovénia (-21,2%) e na Polónia (-13,8%), enquanto a Suécia (14,4%), Roménia (7,5%), Espanha (3,1%) e Holanda (2,1%) viram a produção na construção crescer.

Face a abril, as baixas mais significativas assinalaram-se em Itália (-3,6%) e na Roménia (-2,3%), tendo a Suécia (3,4%), a República Checa (2,8%) e a Eslovénia (2,6%) registado as subidas mais significativas.

Em Portugal, a produção no setor da construção recuou 2,0% na comparação homóloga e 0,3% face a abril.