O que sabe:

— Esta sexta-feira, por volta das 18h00 (17h00 em Lisboa), uma chamada de emergência referia que um homem tinha começado a disparar no centro comercial Olympia e num restaurante de fast food da cadeia McDonald’s, em Munique. Depois, ter-se-á colocado em fuga, deixando no interior do Olympia um número ainda indeterminado de mortos e feridos. Este deverá ser o vídeo do início do tiroteio:

— Segundo a polícia de Munique, há dez mortes confirmadas. Mas a imprensa alemã (o primeiro jornal a fazê-lo foi o Sueddeutsche Zeitung) fala em pelo menos 15 mortos e uma dezena de feridos.

— Ao final desta sexta-feira, um corpo foi encontrado nas imediações do centro comercial. Suspeita-se que o homem é um dos atiradores e ter-se-á suicidado. Por estar uma mochila ao lado cadáver, a polícia criou um perímetro de segurança, suspeitando que esta pudesse conter uma bomba. A polícia já afirmou que é muito provável que este seja de facto o atirador e que terá atuado sozinho. As autoridades avançaram também que o suspeito é um jovem de 18 anos que tinha dupla nacionalidade alemã e iraniana e que vivia em Munique.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

— As autoridades de Munique decretaram ao começo da noite o estado de emergência no município. No alerta (enviado através de um sistema de aviso de catástrofes para smartphones da cidade de Munique) lê-se: “Para sua segurança, evite praças e ruas. Os atiradores estão em fuga. Os transportes urbanos [comboios, metro e autocarros] estão suspensos. Ligue a rádio e a TV.” Nesta altura, a circulação dos transportes públicos já foi retomada e o alerta de segurança foi levantado.

sonderfall

— Um jornalista do Bild escreve que o atirador foi filmado a gritar “Seus malditos turcos!”. Outros meios de comunicação social relataram que terá também gritado “Eu sou alemão. Nasci aqui”. É este o vídeo:

O que não se sabe:

— Nesta altura, o que falta saber é o motivo do ataque e se o jovem tem alguma ligação com algum grupo terrorista ou se agiu sozinho.

Última atualização às 01h43