Dark Mode 135kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Amigo do atacante de Munique detido

Apesar de se ter apresentado na Polícia de Munique após o ataque de sexta-feira num centro comercial, o amigo do atirador apresentava contradições nas declarações e foi detido neste domingo.

i

Homenagem às vítimas do tiroteio no centro comercial de Munique

CHRISTOF STACHE/AFP/Getty Images

Homenagem às vítimas do tiroteio no centro comercial de Munique

CHRISTOF STACHE/AFP/Getty Images

A polícia de Munique deteve, este domingo, um amigo do atirador que, na sexta-feira, matou nove pessoas no centro comercial Olympia. O detido é um jovem afegão, de 16 anos, que já tinha sido interrogado pela polícia na sexta-feira. Numa publicação no Facebook, a polícia de Munique indica porque é que deteve o jovem afegão: terá prestado declarações contraditórias na sexta-feira, o que levou as autoridades a pensar que terá sido cúmplice do crime.

A polícia está a investigar até que ponto este jovem pode ser responsável por uma publicação no Facebook que convidava pessoas a reunirem-se num cinema perto da principal estação de comboios de Munique. Não podendo confirmar se estava planeado um ataque semelhante nesse local. Uma publicação no Facebook com perfil falso foi a estratégia que o atirador utilizou para atrair pessoas à loja McDonald’s.

A polícia de Munique afirma no comunicado que está atenta a possíveis tentativas de cópia do crime e que reforçou a equipa de intervenção. Do ataque na sexta-feira resultaram dez mortos, incluindo o atirador, e 35 feridos – apenas quatro com ferimentos de balas, os restantes feridos quando tentavam fugir. Entre os mortos, sete eram adolescentes: dois turcos, dois alemães, um húngaro, um grego e um kosovar, refere a BBC.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.