536kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

Amigo do atacante de Munique detido

Este artigo tem mais de 5 anos

Apesar de se ter apresentado na Polícia de Munique após o ataque de sexta-feira num centro comercial, o amigo do atirador apresentava contradições nas declarações e foi detido neste domingo.

Homenagem às vítimas do tiroteio no centro comercial de Munique
i

Homenagem às vítimas do tiroteio no centro comercial de Munique

CHRISTOF STACHE/AFP/Getty Images

Homenagem às vítimas do tiroteio no centro comercial de Munique

CHRISTOF STACHE/AFP/Getty Images

A polícia de Munique deteve, este domingo, um amigo do atirador que, na sexta-feira, matou nove pessoas no centro comercial Olympia. O detido é um jovem afegão, de 16 anos, que já tinha sido interrogado pela polícia na sexta-feira. Numa publicação no Facebook, a polícia de Munique indica porque é que deteve o jovem afegão: terá prestado declarações contraditórias na sexta-feira, o que levou as autoridades a pensar que terá sido cúmplice do crime.

A polícia está a investigar até que ponto este jovem pode ser responsável por uma publicação no Facebook que convidava pessoas a reunirem-se num cinema perto da principal estação de comboios de Munique. Não podendo confirmar se estava planeado um ataque semelhante nesse local. Uma publicação no Facebook com perfil falso foi a estratégia que o atirador utilizou para atrair pessoas à loja McDonald’s.

A polícia de Munique afirma no comunicado que está atenta a possíveis tentativas de cópia do crime e que reforçou a equipa de intervenção. Do ataque na sexta-feira resultaram dez mortos, incluindo o atirador, e 35 feridos – apenas quatro com ferimentos de balas, os restantes feridos quando tentavam fugir. Entre os mortos, sete eram adolescentes: dois turcos, dois alemães, um húngaro, um grego e um kosovar, refere a BBC.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.