Milhares de turcos reuniram-se neste domingo na praça Taksim, em Istambul, para mostrar o compromisso com a democracia e mostrar também a sua oposição ao estado de emergência decretado pelo Presidente Erdogan depois do golpe de Estado falhado. Convocada pelo principal partido da oposição, o Partido Republicano Popular (CHP), a manifestação juntou-se com elementos do partido que apoia o Presidente, cujos apoiantes têm saído à rua todas as noites.

Com bandeiras a dizer ‘Defendemos a República e a Democracia’, ‘A Soberania pertence ao povo incondicionalmente’, ‘Não ao golpe, sim à democracia’, os manifestantes mostraram-se contra o golpe de Estado e a favor da democracia. Os manifestantes afetos ao principal partido da oposição e os que defendem Erdogan estão a conviver de forma pacífica, constatou a AFP no local.