Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Para a atribuição desta distinção por parte da Auto Test – uma publicação do grupo germânico Bild, propriedade da editora Axel Springer -, muito contribuiu, segundo avança a marca dos quatro anéis em comunicado, a construção ultraleve, a capacidade do chassis, o sistema de direcção, assim como a funcionalidade e ergonomia do habitáculo que o novo Q7 ostenta.

Por outro lado, também enaltecido pelo painel de especialistas e editores da revista, responsáveis para atribuição do prémio, foram as capacidades e versatilidade do motor V6 turbodiesel com três litros de capacidade e as vantagens proporcionadas pela nova suspensão adaptativa. A tudo isto juntam-se ainda as inúmeras inovações tecnológicas no interior, como é o caso do Audi Virtual Cockpit, e os vários sistemas de assistência à condução e de segurança.

5 fotos

Além do Q7 3.0 TDI quattro, a Audi viu ainda a carrinha A6 Avant 2.0 TDI ultra ser distinguida com a vitória no segmento médio, fruto da elevada relação qualidade/preço. No entanto, a A6 foi ainda elogiada pela sua motorização 2.0 TDI ultra, particularmente eficiente, assim como pela elevada fiabilidade do conjunto. A Audi recorda que, para a atribuição destes prémios, os jurados da Auto Test analisaram cerca de 500 modelos, oriundos de todos os segmentos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR