O médio ala português, Rafa Silva, de 23 anos, estará mesmo a caminho do FC Porto, noticia, esta segunda-feira, o Diário de Notícias. A concretizar-se a transferência entre o SC Braga e o FC Porto — pelos cerca de 20 milhões que o clube minhoto pede pelo jogador –, esta será a transferência mais cara entre clubes portugueses.

Rafa Silva chegou ao Braga no início da época de 2013-14, vindo do Feirense, clube da II divisão, a troco de 150 mil euros. Na altura já foi disputado também pelo Sporting, mas optou pelo primeiro clube, onde foi jogar na equipa principal. No Mundial2014 foi chamado por Paulo Bento e alternou entre a equipa A e os sub-21. E Fernando Santos voltou a convocá-lo para o Euro2016, onde acabou por levantar a taça, mesmo só tendo jogado um minuto.

Os jornais desportivos são menos assertivos em relação ao futuro do jogador, não o dando como certo no clube do Dragão, ao contrário do DN. Mas o jornal “O Jogo” escreve que o jogador recusou convite do Zenit.

Lembre-se que em janeiro várias notícias deram conta que o SC Braga tinha recusado uma oferta do FC Porto de 16 milhões de euros, com hipótese de incluir jogadores, por empréstimo ou a título definitivo. O mesmo valor que terá também sido oferecido pelo Benfica. O presidente António Salvador só aceitava a saída do jogador pela cláusula de rescisão: 20 milhões de euros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O interesse em Rafa Silva já vem de trás. Em entrevista ao jornal “O Jogo”, em julho de 2015, o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, afirmava que “comprar um suplente dos sub-21 por 20 milhões de euros não era disparate, era burrice”.

O passe do jogador é partilhado pelo empresário Jorge Mendes, Sp. Braga, o agente do médio e o Feirense.