Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um tiroteio no parque de estacionamento de uma discoteca em Fort Myers, no estado norte-americano da Flórida, fez pelo menos dois mortos e 16 feridos. O caso ocorreu pelas 00h30 desta segunda-feira (5h30 em Portugal). Segundo as autoridades citadas pela BBC, na discoteca estava a decorrer uma festa de adolescentes.

De acordo com o Washington Post, o tiroteio terá acontecido fora da discoteca Club Blu Bar and Grill. Testemunhas falam de uma discussão que acabou ao tiro, desconhecendo-se ainda os motivos. Quando a polícia de Fort Myers chegou ao local encontrou vários menores feridos com arma de fogo no parque de estacionamento da discoteca. Muitos preparavam-se para abandonar o local, acompanhados pelos pais, depois da festa. Algumas vítimas terão recorrido ao hospital pelos seus próprios meios.

Segundo um comunicado do hospital Lee Memorial, 16 pessoas, entre os 12 e os 27 anos, receberam tratamento. Três das vítimas permanecem ainda internadas, duas das quais na unidade de Cuidados Intensivos. Todas as outras já tiveram alta hospitalar. Houve registo de dois mortos.

A polícia diz que este caso estará relacionado com um tiroteio que atingiu também uma casa e um carro nas redondezas. Em nada terá a ver com atos de terrorismo. Desconfia-se que esteja envolvido um menor de 12 anos, mas desconhece-se, para já, em que termos. Esse menor também terá sofrido ferimentos na sequência do tiroteio. A BBC diz que foram já detidos três suspeitos e que estão a ser interrogados.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Testemunhas no local garantem ter ouvido mais de uma dezena de tiros e acreditam que foram provenientes de mais do que uma arma.