A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) esclareceu que outras vacinas estão a ser analisadas, para que possam ser igualmente comercializadas.

A vacina, que protege contra os quatro tipos da doença embora não tenha 100% de eficácia, poderá ser aplicada em pessoas dos nove aos 45 anos em três doses, com seis meses de intervalo entre elas.

De acordo com o Ministério da Saúde, ainda não há uma previsão de compra da Dengvaxia para o Sistema Único de Saúde.

O governo brasileiro tinha aprovado a vacina em causa em dezembro do ano passado.

A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.