Chega dia 11 de novembro uma nova caixa com 27 discos dos Pink Floyd, uma coleção de raridades gravadas nos primeiros anos da banda, entre 1965 e 1972. Estas edições fazem-se de CDs e DVDs/Blu-ray. No total, mais de 12 horas de áudio (sete destas com registos ao vivo) que nunca antes ouvimos; e mais de 15 horas de vídeo, incluindo uma remistura do clássico concerto de Pompei em 5.1.

11 de novembro é a data da edição da caixa mas os seis volumes pelos quais se distribuem as gravações também vão estar à venda em separado durante o próximo ano. Os restantes serão lançados ao longo de 2017. “Cambridge St/ation”, o primeiro volume, tem as gravações feitas entre 65 e 67, com Syd Barrett ainda ativo na banda. “Germin/ation” é dedicado a 1968, o período pós-Barrett. Música de 1969, incluindo gravações que acabaram por não ser usadas na banda sonora do filme “More”, fazem parte do volume “Dramatis/ation”. Já “Devi/ation” faz-se de 1970 e revela, entre outros registos, a primeira apresentação do álbum Atom Heart Mother, para a BBC.

pink floyd early years

Esta será a caixa deluxe de “Pink Floyd: The Early Years”

“Reverber/ation” é o capítulo dedicado às demos de Meddle, o álbum de 1971, enquanto “Obfusc/ation” mostra uma mistura inédita de Obscure By Clouds. Além destes seis títulos, haverá ainda um sétimo, um volume extra — disponível apenas com a versão deluxe da edição — e que inclui sessões de gravação na BBC, atuações ao vivo e três longas-metragens cuja banda sonora foi assinada pelos Pink Floyd: “The Committee”, “More” e “La Vallée”.

No meio de tudo isto, figuram algumas das gravações mais desejadas pelos fãs da banda inglesa. Canções de Syd Barrett como “Vegetable Man” ou “Scream Thy Last Scream”. Mas o brinde é mesmo o lançamento da música feita pelos Pink Floyd ainda de Syd Barrett a 20 de outubro de 1967 para o a curta-metragem “Speak”, de John Latham — e que o realizador não chegou a utilizar.

Além dos discos, The Early Years 1965-1972 também é feito de fotos, réplicas de discos e outros brindes do género, como versões em vinil de singles clássicos do grupo, como “Arnold Layne” ou “See Emily Play”. Haverá uma versão light desta edição especial. “The Early Years – Cre/ation” é o título mas terá apenas dois discos. Não é a mesma coisa mas também, não vai custar os 700 dólares (mais de 500 euros) que muitos comentários na internet têm dado como o preço certo para este delírio. Falta a confirmação oficial.