Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O escritor Michael Crichton, que morreu em 2008, deixou um romance completo que foi encontrado pela viúva. O livro “Dragon Teeth” (“Dentes de Dragão”, em tradução livre) vai ser publicado em maio de 2017 pela Harper Collins Publishers, avança a AP.

A história é baseada na rivalidade entre Edward Drinker Cope e Othniel Charles Marsh, dois paleontólogos do século XIX que exploraram o oeste americano. O romance desenrola-se em torno de uma personagem fictícia que trabalhou com os dois paleontólogos e acabou por fazer descobertas importantes e transforma-se no herói, revela a editora.

A história foi encontrada pela viúva nos arquivos do marido. Sherri Crichton acredita que a história foi inspirada pela correspondência que o marido trocou com o curador de paleontologia vertebrada ao Museu Americano de História Natural.

O autor ficou conhecido por êxitos como “Parque Jurássico” e “Rising Sun”, entre outros. Um ano depois da sua morte, foi publicado o romance “Em Território Pirata”, que foi encontrado no seu computador. Em 2011 foi lançado “Micro”, um livro que deixou incompleto, mas que foi terminado pelo escritor Richard Preston.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR