Augusto Inácio era o responsável pelas relações internacionais dos leões e abandonou esta sexta-feira o cargo porque este não era compatível com a função de comentador desportivo.

Inácio ocupava o tal cargo no Sporting desde junho de 2015 mas devido às novas regras da Liga Portuguesa de Futebol, que impede que “dirigentes e funcionários dos Clubes de participarem em programas de televisão como comentadores residentes”, optou por se manter como comentador desportivo residente do programa “Playoff”, transmitido na SIC Notícias.

Diz o comunicado:

“No seguimento das novas regras aprovadas pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional que impedem os dirigentes e funcionários dos Clubes de participarem em programas de televisão como comentadores residentes, Augusto Inácio considerou que é fundamental continuar a sua participação regular no espaço mediático em defesa da transparência no futebol e da verdade desportiva.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Revelando um elevado sentido de missão sportinguista e por considerar que não podia ficar limitado na sua liberdade de expressão e opinião, Augusto Inácio decidiu desvincular-se do Sporting CP do ponto de vista contratual.

O Sporting CP agradece a Augusto Inácio o profissionalismo e o trabalho desenvolvido até hoje nas mais diversas funções a que foi chamado pelo Clube, e deseja-lhe as maiores felicidades pessoais e profissionais relembrando que esta é, e será sempre, a sua casa.”