Os canoístas José Ramalho em K1 e Nuno Carros em C1 conquistaram este sábado a medalha de prata na corrida curta da Taça do Mundo de maratonas, que decorre até domingo na Vila de Prado, em Vila Verde.

José Ramalho ficou a 4,50 segundos do sul-africano Andrew Birkett (14.13,31), num pódio que ficou completo com o húngaro Adrián Boros (11,10).

Nas canoas, Nuno Barros quedou-se a 7,7 segundos do espanhol Manuel Campos (16.02,95), enquanto o checo Jakub Brezina (19,09) levou o bronze.

No domingo, disputam-se as distâncias tradicionais — 30 quilómetros para os seniores –, enquanto hoje, na corrida curta, estavam em causa 3,5 quilómetros.