Os distritos de Beja e Évora apresentam, este sábado, risco ‘Extremo’ de exposição à radiação ultravioleta, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que aconselha a população a “evitar o mais possível a exposição ao sol”.

Todos os restantes distritos do país apresentam para risco “Muito Elevado” de exposição aos raios ultravioletas, o mesmo acontecendo nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

Nas regiões com risco “Muito Elevado”, o IPMA recomenda a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol e protetor solar, bem como aconselha a evitar a exposição das crianças ao sol.

Em caso de risco ‘Extremo’, correspondente a ‘Perigo’ – sob o qual estarão as regiões de Beja e Évora — aconselha-se a evitar o mais possível a exposição ao sol, sugerindo à população que aproveite para descansar em casa. Na cidade de Évora a temperatura máxima deverá atingir os 32 graus e na cidade de Beja os 31.

Já na cidade de Lisboa as temperaturas irão variar entre os 18 de mínima e os 26 graus de máxima. Na cidade de Porto a mínima rondará os 17 graus e a máxima os 22.

Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é ‘Baixo’, 3 a 5 (‘Moderado’), 6 a 7 (‘Elevado’), 8 a 10 (‘Muito Elevado’) e superior a 11 (‘Extremo’).