Mazda 3 Coupé Style (CS) SKYACTIV-D 1.5 Evolve “Táxi”. É esta a designação oficial da mais recente criação da filial portuguesa da Mazda, no que é a sua primeira aposta no mercado dos veículos destinados ao serviço regular de transporte pessoal de passageiros (vulgo táxi).

O modelo é proposto apenas com o motor 1.5 turbodiesel de 105 cv, e num único nível de equipamento (Evolve). Esta medida insere-se na estratégia de diversificação da marca, e tenta tirar partido da evolução do parque automóvel dos operadores de táxi que, por lei, tem de ser regularmente renovado.

Nesta nova proposta para um tão específico segmento, o responsável de Vendas a Frotas da Mazda Motor de Portugal, Rui Curro, destaca as valências da unidade motriz, nomeadamente o seu elevado binário de 270 Nm, e o consumo combinado de 3,8 l/100 km – factor determinante para a redução dos custos do veículo, tanto em termos de exploração (a juntar à distribuição por corrente e à não necessidade de recurso ao AdBlue para a redução de poluentes), como até de aquisição. A bagageira, com 419 litros de capacidade, é outro dos argumentos apontados pelo responsável da marca.

Mazda3CS_Taxi_02

A marca afirma que o equipamento de série foi definido para garantir elevados níveis de conforto a quem conduz e a quem se faz transportar

Ao mesmo tempo, o Mazda3 destinado ao mercado dos táxis oferece um completo equipamento de série, que inclui ar condicionado automático bizona, sistema mãos-livres Bluetooth com comandos vocais, volante e manete da caixa em pele, “cruise control” ou o retrovisor interior electrocromático.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Também de série, o Mazda 3 CS SKYACTIV-D 1.5 Evolve “Táxi” integra o sistema de ajuda à travagem em cidade, o assistente às travagens de emergência ou o sistema de monitorização da pressão pneus. Por tudo isto são pedidos 20.315€, preço chave na mão, ou seja, já incluindo despesas, descontos, deduções de ISV e pintura de tejadilho.