Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A segurança no Aeroporto de Amesterdão — Schiphol foi reforçada este sábado devido à existência de uma possível ameaça, provocando alguns condicionamentos no acesso ao aeroporto. Os voos estão assegurados e as autoridades garantem que o espaço está “suficientemente seguro”.

Edmon Messchaert, porta-voz da unidade nacional de contraterrorismo, adiantou que “houve uma indicação de ameaça relativa ao aeroporto”, sem porém especificar a origem ou o teor da informação. A decisão foi tomada pelo presidente da câmara de Haarlemmermeer, pelo chefe da polícia local e pelo comandante da polícia militar, depois de a unidade ter sido consultada.

“O reforço das medidas de segurança pretende assegurar a segurança das pessoas que trabalham no aeroporto e dos viajantes”, referiu Messchaert, citado pelo Reuters. Estas incluem um aumento do número de polícias presentes em Schiphol e o controlo da chegada de veículos, que têm também sido revistados.

O reforço da segurança tem provocado alguns condicionamentos no acesso ao aeroporto, numa altura em que Schiphol se encontra com um maior número de viajantes do que é habitual. Por esse motivo, o aeroporto aconselha que todos os que vão viajar cheguem com tempo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O nível de ameaça da Holanda não foi alterado, mantendo-se como “substancial”. Desde 2013 que o país se encontra num nível elevado de ameaça de ataque terrorista.