A mobilidade urbana está como que no ADN da Smart – basta atentar na sua oferta de modelos. Mas a marca do grupo Daimler decidiu apostar em novos projectos nesta área, e até criou recentemente um novo laboratório de ideias, sediado em Estugarda, que tem por missão, justamente, incrementar a implementação e o desenvolvimento de soluções inéditas neste domínio. O primeiro resultado prático do trabalho aí desenvolvido é um serviço que dá pelo nome de “Smart ready to drop”, estabelecido em colaboração com a DHL Paket, e que visa facilitar as compras online. Como? Fazendo da bagageira do Smart o ponto de entregas das encomendas feitas através da Internet.

O conceito é tão simples quanto prático. Uma vez efectuada a sua encomenda, basta ao utilizador, através de uma “app” específica (desenvolvida pela própria Smart), eleger como ponto de entrega a bagageira do Smart e fornecer a morada onde o mesmo se encontrará no momento definido para a dita entrega. Para o efeito, o Smart terá de estar equipado com a indispensável “Caixa de Ligação”.

Montada na bagageira, sob o pára-brisas, a “Caixa de Ligação” é acessível pelo estafeta através de um código único e sem-chave, durante um período de tempo limitado e predefinido, podendo o estafeta, pelo mesmo método, recolher as encomendas que o comprador, eventualmente, pretenda devolver. Colocada a encomenda na bagageira, e trancado digitalmente o veículo, a autorização de acesso expira de imediato e a “app” notifica automaticamente o utilizador sobre o sucesso da entrega ou da recolha.

Ab Herbst können smart Fahrer neuen Logistik-Service testen

Maximizando a utilização do automóvel, especialmente em cidade, e oferecendo um conceito de mobilidade que vai para além da utilização do veículo enquanto meio de transporte, o “Smart ready to drop” assume-se como um serviço inovador, que já foi testado com êxito em 2015, com 30 condutores de modelos da Smart.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No próximo Outono terá início a próxima fase de testes de desenvolvimento em Estugarda, a que se seguirão as cidades de Colónia, Bona e Berlim. Em qualquer caso, com várias centenas de proprietários de modelos da Smart e em condições reais de utilização. A intenção é que, num futuro tão breve quanto possível, os “smartistas” possam usufruir desta funcionalidade em muitos mais locais.

Por isso, a partir de Setembro, os compradores de um Smart novo já poderão encomendar o seu veículo com a “Caixa de Ligação” pré-instalada. Na Alemanha, será lançada, na mesma altura, uma edição especial do Fortwo, denominada Smart Fortwo ‘ready to’, já equipada com este elemento, e ainda dotada, de série, de caixa pilotada de seis velocidades e dupla embraiagem twinamic, sistema de navegação e serviço de informação de trânsito em tempo real. Já para os que pretendam instalar “a posteriori” a “Caixa de Ligação”, poderão fazê-lo em qualquer um dos actuais modelos, bem como nos Smart Fortwo da pretérita geração, desde que equipados com motores de combustão.