Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Benfica perdeu por 3-2 contra o vice-campeão francês Olympique de Lyon naquele que foi o derradeiro teste da equipa de Rui Vitória antes do jogo da supertaça de Portugal contra o Sporting Clube de Braga, no próximo domingo.

No jogo, ainda com alguns ausentes, destaque para a titularidade de Júlio César. O guardião brasileiro estava afastado da titularidade desde que se lesionou na parte final da época passada. Do outro lado estava Anthony Lopes, o guarda-redes português que recentemente fez parte da seleção que se sagrou campeã da Europa em França.

O Lyon marcou primeiro, logo aos 18 minutos, por Nabil Fekir, mas o defesa-esquerdo do Benfica Grimaldo marcou na sequência de um livre direto quatro minutos depois.

https://twitter.com/OL_Plus/status/759829013011456000

https://twitter.com/OL_Plus/status/759829730229047296

O alívio durou pouco para a equipa lisboeta, com Cornet a marcar passados outros quatro minutos.

https://twitter.com/OL_Plus/status/759830837055533060

O Benfica chegaria ao final da primeira parte a perder por 3-1, depois de, aos 29 minutos de jogo, o internacional francês Lacazette ter ampliado a vantagem no marcador na sequência de uma grande penalidade.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

https://twitter.com/OL_Plus/status/759831768706846720

As mudanças operadas ao intervalo por Rui Vitória – com a entrada de Cervi, André Horta e Raúl Jimenez, por saída de Mitroglou, Andrés Carrillo e Gonçalo Guedes – ainda fizeram mexer o jogo, mas não o suficiente para o Benfica virar o resultado.

André Almeida ainda viria a reduzir para 3-2, estabelecendo assim o resultado final, na sequência de um cabeceamento em resposta a um cruzamento de Celis, no qual acabou por ser atingido por uma saída menos cuidadosa do guardião francês Gorgelin, que obrigou à substituição do defesa benfiquista poucos minutos após o choque e à apreensão do banco benfiquista.

https://twitter.com/OL_Plus/status/759841624260096000

Destaque ainda para a estreia de Danilo, o mais recente reforço do Benfica. O médio brasileiro, emprestado pelo Valência, entrou aos 68 minutos de jogo e poderá defrontar no próximo domingo a sua antiga equipa, o Sporting de Braga.