O movimento no aeroporto internacional da Madeira está esta terça-feira condicionado devido a ventos fortes na zona de Santa Cruz, tendo dois aviões regressado a Lisboa e outros seis divergido para a ilha do Porto Santo.

Segundo fonte daquela infraestrutura, devido à situação meteorológica os voos da Easyjet 7605 e o TP 1687 (TAP) programados para esta terça-feira regressaram à capital.

No aeroporto do Porto Santo estão a aguardar seis aeronaves – um da Transavia (3410) proveniente de Orly, Paris; dois da Air Berlim oriundos de Munique (2464) e Leipzig (2298); e outros três da Tuifly, vindos de Estugarda (X3 2842), Munique (X3 2810) e Cologne Bonn (X3 2828).

A mesma fonte referiu que o vento forte condiciona frequentemente o movimento no aeroporto da Madeira, pelo que as operações dependem das abertas.

O último avião a aterrar esta terça-feira na Madeira foi o Aerovip proveniente do Porto Santo, às 15:38.