O primeiro-ministro vai representar Portugal na abertura dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, em setembro, e deverá voltar ao Brasil em novembro, com o Presidente da República, para participar na cimeira da CPLP, disse esta quarta-feira fonte oficial.

Fonte do gabinete de António Costa disse que, em articulação com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ficou definido que o chefe de Estado iria à abertura oficial dos Jogos Olímpicos (na sexta-feira, 5 de agosto) e o primeiro-ministro à mesma cerimónia, mas dos Jogos Paralímpicos, a 7 de setembro.

Também está definido que em novembro, na próxima cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que o Brasil organizará em local e data ainda a definir, estarão presentes o Presidente da República e o primeiro-ministro.

À margem da cimeira da CPLP, António Costa deverá manter encontros políticos com responsáveis brasileiros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Relativamente à deslocação de setembro, além do Rio de Janeiro, o primeiro-ministro participará num encontro com empresários em São Paulo, promovido pela Federação das Câmaras de Comércio Portuguesas no Brasil, liderada por Nuno Rebelo de Sousa, filho do Presidente da República.

António Costa visitará também a Bienal de São Paulo, a 6 de setembro, com a presença de artistas portugueses.

No dia seguinte, já no Rio de Janeiro, e antes da abertura oficial dos jogos, o primeiro-ministro visitará a Aldeia Olímpica, onde estarão os atletas paralímpicos portugueses.

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro realizam-se de 5 a 21 de agosto e os Jogos Paralímpicos de 7 a 18 de setembro.