O episódio contado por Jan Aage Fjortoft, antigo avançado da liga inglesa, explica que Ryan Giggs encostou Ronaldo a uma parede por este estar a beber uma Coca-Cola ao pequeno-almoço.

Fjortoft diz que foi Solsjkaer, colega de Giggs e Cristiano no Manchester United, que lhe confessou este peculiar momento entre os colegas de equipa.

Giggs nunca foi conhecido por ser uma pessoa agressiva e Ronaldo muito menos por cometer estas “loucuras” para um atleta de alto nível. Se calhar o sábio e experiente amigo tinha razão.