Rio 2016

Olha que coisa mais linda! Garota de Ipanema levou tocha olímpica

666

Helô Pinheiro, a musa da bossa nova, foi uma das escolhidas para transportar a tocha olímpica. Uma repetição do passeio que a tornou mundialmente famosa.

Helô Pinheiro, a Garota de Ipanema, tem atualmente 71 anos

@rioconcierge/Twitter

Autor
  • Elsa Araújo Rodrigues

Helô Pinheiro, a eterna Garota de Ipanema, foi uma das escolhidas para transportar a tocha olímpica no trecho Leblon-Copacabana, na última fase do percurso da chama olímpica até à cerimónia de abertura desta sexta-feira dos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Atualmente com 71 anos, Heloísa Eneida Menezes Paes Pinto (o seu nome completo) tornou-se mundialmente conhecida quando se tornou a musa oficial da bossa nova.

helo pinheiro capa blog

A Garota de Ipanema à esquerda com a imagem que a tornou famosa e à direita, com a sua imagem atual. Créditos: www.helopinheiro.com.br

Foi ela que inspirou a famosa canção de António Carlos Jobim e Vinicius de Moraes que segundo consta foi escrita num guardanapo. A letra já tinha sido escrita antes por Vinicius de Moraes (em Petrópolis) e o nome original era “Menina que passa”.

Os dois mestres do género musical mais conhecido do Brasil eram frequentadores assíduos do bar Veloso, nos idos anos 1960. Reza a história que Helô Pinheiro morava no número 22 da rua Montenegro (muito perto do bar) e passava em frente à esplanada “num doce balanço, a caminho do mar“, da praia de Ipanema. Na altura, tinha 17 anos, cabelos negros, olhos azuis e fazia virar muitas cabeças masculinas.

helo pinheiro blog

Helô Pinheiro com os longos cabelos pretos que a tornaram conhecida, aqui numa fotografia publicada no seu blogue. Créditos: www. helopinheiro.com.br

Os dois amigos deleitavam-se com a ginga da então bailarina e acabaram por adaptar a letra de “Menina que passa” em sua homenagem à qual acrescentaram a melodia. O hino não-oficial da bossa nova nasceu oficialmente em 1962 e foi tocada pela primeira vez em agosto desse ano num espetáculo na Boate Bon Gourmet, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

bilhete-2 helo

Bilhete de Tom Jobim a Helô Pinheiro, reproduzido no seu blogue. Créditos: www.helopinheiro.com.br

Heloísa Eneida Menezes Paes Pinto só descobriu que a música havia sido composta em sua homenagem cerca de três anos depois, em 1965. Nessa altura já namorava com Fernando Pinheiro, e quando casou convidou Tom Jobim e a esposa Teresa para serem padrinhos.

Férias no Caribe em paz com a vida.. @jooooopinheiro @kikipinheiro @ticipinheiro @klifty

A photo posted by Helo (@helopinheiro1) on

Helô Pinheiro tem quatro filhos e é modelo, apresentadora de televisão e empresária. Criou uma linha de roupa de praia a que chamou, precisamente, Garota de Ipanema. Em 2012 publicou a sua autobiografia “A Eterna garota de Ipanema” (editora Aleph).

helo pinheiro FB

Helô Pinheiro numa fotografia recente publicada por si na sua conta do Facebook

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Futebol

O prazer do golo

Patrícia Fernandes

Abdicamos da experiência da vida pela ilusão da Verdade. E, ao fazê-lo, abdicamos dos poucos momentos em que regressávamos à inocência da infância. O prazer de gritar golo e não ficar à espera do VAR.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)