O desportivo Hyundai Genesis Coupé prepara-se para sair de cena, possivelmente, ainda durante este ano. A medida consta do plano de produto elaborado pela marca sul-coreana, o qual, segundo avança a “CarAdvice”, não prevê um sucessor para o modelo que nasceu com o objectivo de preencher a lacuna deixada vaga com o desaparecimento do Tiburon, modelo comercializado em Portugal com a designação apenas de Coupé.

A nova geração do sedan Genesis, que passará a ser disponibilizada no seio da nova marca de luxo da Hyundai, com a designação G80, não prevê continuidade para o Genesis Coupé. No entanto, apesar desta morte sentenciada, a marca sul-coreana tem previsto o lançamento de um novo coupé, a comercializar sob a égide, precisamente, da Genesis, pelo que se espera mais enfoque no luxo que propriamente na performance.

Isto mesmo deu a entender o presidente da Hyundai Motor America, Dave Zuchowski, que, durante o último Salão Automóvel de Detroit, nos Estados Unidos da América, assumiu que o futuro coupé da Genesis será algo “completamente diferente” do Genesis Coupé que se prepara para deixar o palco.

A chegada deste novo modelo está prevista mais para o final da década, por volta de 2020.