O incêndio que deflagrou esta terça-feira em Ponte de Sor evoluiu para o concelho vizinho de Alter do Chão, no distrito de Portalegre, mas, cerca das 19:00, “estava a ceder” ao combate, disse o comandante operacional distrital.

Belo Costa adiantou à agência Lusa que os bombeiros já dominaram uma das duas frentes ativas e que as chamas “estão a ceder favoravelmente aos trabalhos de combate”, que mobilizam 154 operacionais, com o apoio de um helicóptero e de 52 viaturas.

O alerta para o incêndio foi dado às 15:07, na zona de Vale de Açor, concelho de Ponte de Sor, na zona limítrofe com o município vizinho de Alter do Chão, ambos no distrito de Portalegre.

“Em função dos ventos fortes, evoluiu para a área do concelho de Alter do Chão”, explicou o comandante distrital de operações, salientando que o fogo está a lavrar numa zona agroflorestal, composta por olival, pasto, vinhas e montado.

Trata-se, segundo o mesmo responsável, de “um incêndio de propagação rápida, dadas as características do combustível, mas que está a ceder”.