A Kalashnikov é responsável pelo fabrico da espingarda automática AK-47, uma das mais vendidas de sempre. O primeiro modelo foi produzido na União Soviética em 1947 e, desde então, que é a arma de eleição do exército russo. Mas a sua fama rapidamente atravessou fronteiras e faz parte do arsenal de forças armadas um pouco por todo o mundo. Até hoje foram produzidas mais de 100 milhões de unidades.

Agora, a fabricante de armas russa vai abrir uma loja de recordações no maior aeroporto da Rússia, o Sheremetyevo, em Moscovo. A loja vai vender canetas, sacos, chapéus, equipamento de camuflagem e t-shirts com a mensagem “I love AK”, conta a Reuters. Há, também, réplicas do modelo real. Em declarações à Reuters, responsáveis do aeroporto garantiram que nenhum dos produtos vendidos põe em causa a segurança na infraestrutura.

Um representante da marca garante que “a Kalashnikov é uma das marcas mais populares que vem à mente da maioria das pessoas quando ouvem falar da Rússia”. Daí a decisão de permitir que quem visite o país leve uma recordação da arma mais icónica do país (ou até mesmo do mundo).