A Catholic High School for Boys, no Arkansas, EUA, proibiu os pais dos alunos de irem à escola entregar livros e refeições esquecidas pelos filhos.

A escola publicou uma fotografia de um aviso que está à entrada da escola, onde se pode ler: “Se vem deixar o lanche, livros ou trabalhos de casa esquecidos pelo seu filho, por favor, volte atrás e saia do edifício. O seu filho vai ter de aprender a resolver os problemas na sua ausência”.

ban school

O diretor da escola, que alberga jovens entre os 14 e os 18 anos, afirmou que não teve nenhuma queixa por parte dos pais porque “eles sabem que os filhos são capazes de resolver os seu problemas”. Um dos estudantes, Patrick Wingfield, confessou que o aviso lhe fez pensar em si próprio:” Se fizer algo de errado, preciso de aprender com o meu erro e desenrascar-me”.

Os comentários na publicação começaram a “chover” rapidamente, com opiniões divididas sobre a medida imposta pela escola. Várias pessoas afirmara que é uma regra ridícula e que deixar os filhos com fome não é uma boa forma de os educar, havendo mesmo uma professora que comentou: “Eu sou professora e sabem que mais? Também me esqueço de coisas”.

Outros consideram que é uma regra que contribui para o crescimento dos jovens, afirmando que “não é por ficarem um dia sem comer que vão morrer”, lê-se num dos comentários no Facebook da escola.