O corpo de um idoso que estava desaparecido desde esta terça-feira de manhã, após ter agredido uma vizinha, foi encontrado nas águas do rio Sado, perto de Alcácer do Sal, distrito de Setúbal, disse fonte da GNR. A mesma fonte adiantou à agência Lusa que o cadáver do homem, de 87 anos, foi encontrado cerca das 17h00, em Vale do Guizo, no concelho de Alcácer do Sal.

A fonte da GNR indicou que o homem estaria desaparecido desde a manhã desta terça-feira, após ter agredido fisicamente uma vizinha, de 84 anos, que foi transportada para o Serviço de Urgência Básica do Centro de Saúde de Alcácer do Sal, seguindo depois para o Hospital de São José, em Lisboa.

Contactado pela Lusa, o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, indicou que tem o registo de uma agressão ocorrida hoje cerca das 10h30, em Vale do Guizo, tendo a vítima, que ficou em estado grave, sido transportada, para o Centro de Saúde de Alcácer do Sal.

Segundo o CDOS, o corpo do homem foi encaminhado para os serviços de Medicina Legal do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém. A GNR está a elaborar o processo referente a esta ocorrência para entregar no Ministério Público.