Rádio Observador

Dicas Auto

Exercício ao volante? Yes, you can

171

Se passa muito tempo no carro, ponha em marcha um programa de treino. Siga, passo a passo, 14 exercícios propostos por especialistas em fitness e diga adeus a contracturas e a “vícios” de má postura.

Se (ainda) vai ou se (já) vem de férias, provavelmente terá pela frente uns bons quilómetros antes de chegar ao seu destino. Mas relaxe. O Observador falou com dois personnal trainers e tratou de arranjar um programa de treino específico para quem passa muitas horas a conduzir ou, simplesmente, parado no trânsito por causa de engarrafamentos.

“Com o período de férias e viagens, muitas delas ao volante durante algumas horas, parece não ser relevante, mas passar demasiado tempo ao volante pode trazer uma série de problemas, como contracturas musculares e ‘vícios’ de má postura”, explica Alexandre Júnior, club manager do Fitness Hut Amadora. “Dores e limitação de movimentos podem ser sinais de que algo deve ser feito”, acrescenta o especialista em fitness.

Em vez de desesperar, por que não ser criativo e tirar partido de algo tão stressante como passar horas a fio “enfiado” num automóvel? Em vez de ser uma dor de cabeça, estar parado no trânsito pode constituir uma óptima oportunidade para aproveitar o tempo e fazer coisas que, normalmente, não faríamos ou que deixamos de fazer porque estamos atrasados. Praticar exercício é uma delas.

Foi este o repto que lançámos a uma conhecida cadeia de fitness clubs e o resultado é um programa de treino específico, que pode acompanhar na nossa fotogaleria, desenhado à medida de quem passa longos períodos no pára-arranca ou a fazer grandes tiradas ao volante.

Impõe-se, claro, uma recomendação em matéria de segurança. “Só deve fazer este conjunto de exercícios quando o carro estiver completamente parado, entre uma aceleradela e outra no trânsito, ou em situações de intervalo, quando fizer paragens nas estações de serviço durante as suas viagens”, aconselha Alexandre Júnior. A equipa do Observador Auto subscreve.

Já não há desculpas para ficar parado, enquanto espera que caia o verde no semáforo. Para ver como é fácil exercitar-se, assista aos dois (curtos) vídeos que preparámos.

A Susana Biscaia mostra como os dedos das mãos e os punhos, muitas vezes esquecidos, também merecem a sua atenção. Uma forma de os trabalhar é entrelaçando os dedos, para depois fazer girar os punhos para um lado e para o outro.

Já o o Alexandre Júnior propõe que, quando estamos parados no trânsito, em vez de perdermos a cabeça, façamos a rotação lateral do pescoço. E dá o exemplo.

Siga, passo a passo, os 14 exercícios que lhe sugerimos na fotogaleria, e bom treino. Sempre em segurança.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)