O Conselho de Segurança da ONU condenou veementemente, esta sexta-feira, o lançamento de mísseis balísticos pela Coreia do Norte e concordou tomar “medidas significativas” em resposta à mais recente série de testes.

Os 15 membros do Conselho de Segurança da ONU emitiram uma declaração unânime de forte condenação, apoiada pela China, principal aliado de Pyongyang.

A Coreia do Norte disparou, esta semana, um míssil balístico, a partir de um submarino, que conseguiu percorrer cerca de 500 quilómetros em direção do Japão, numa manobra que representa um claro avanço dos programas balísticos norte-coreanos, segundo especialistas.